10 PASSOS PARA CRIAR VITRINES QUE VENDEM

by - março 22, 2016



Dos cinco sentidos humanos, a visão é o que causa o maior impacto na memória. Assim, uma vitrine bem feita e que reflete a identidade da loja tem grande potencial para atrair clientes e fazer com que eles comprem!
Especialistas no assunto informam os vendedores podem dobrar suas vendas e superar metas se conseguirem tirar bom proveito de suas vitrines. Vamos observar algumas dicas:

1) PLANEJE

Uma boa vitrine requer tempo, pesquisa, dinheiro (sem extrapolar!) e criatividade.

2) ATUALIZE

O ideal é que a vitrine seja atualizada uma vez por semana.

3) SEJA TÉCNICO
                         






1. Use linhas imaginárias para remeter a sentimentos

. Horizontal: calma e repouso
. Inclinadas: movimento
. Quebradas: violência
. Onduladas: feminilidade

2. Use a simetria

3. Use o conceito de sequência: ritmo é a sequência em movimento, podendo comer espaços iguais ou alternados

4.  Faça o uso de formas geométricas e orgânicas. Isso contribui para uma composição harmônica e de fácil assimilação para quem observa

5. Use de assimetria para descentralizar o motivo principal

6. Use o conceito de repetição

7. Use o conceito de irradiação, o qual distribui os elementos em linhas divergentes com um ponto comum.

4) CUIDADO COM A ILUMINAÇÃO

Uma boa dica é focar a luz naqueles produtos que quer dar mais destaque.

5) CRIE

. Crie ambientes que sejam desejados pelos clientes
. Crie temas, baseando-se em uma temporada, estação, evento, etc.
. Crie uma história. Lembre-se que o consumidos não está a procura apenas de um produto, mas de um sonho, e uma boa vitrine deve contar esse sonho de forma que o cliente seio o protagonista.


6) USE TEXTURAS

Elas ajudam a compor um visual diferenciado que chama a atenção. Use tecidos, móveis, elementos naturais, etc.

7) CUIDADO COM AS CORES E A QUANTIDADE

A vitrine deve ter harmonia! Sem muita informação que confunda a cabeça do cliente.

8) RESERVE ÁREA CENTRAL

No centro deve ficar a peça de destaque, a peça nobre, aquela que você mais quer vender.

9) DÊ VISIBILIDADE AOS PREÇOS

Não fixe o preço nas peças. Numere os produtos e crie uma placa com a relação dos números e respectivos preços.

10) USE MANEQUINS AJUSTÁVEIS

Assim, você pode mudá-los de posição sempre que desejar.

Texto: Bia Botelhos

Você pode gostar ...

0 comentários