Slow Fashion X Fast Fashion


O termo "Slow Fashion" foi utilizado pela primeira vez em 2007, por Kate Fletcher, pioneira em práticas sustentáveis na indústria da moda.

É um movimento que envolve um conjunto de atitudes ecologicamente corretas que irão modificar o nosso modo de pensar, agir e consumir.

Na contramão do "Fast Fashion"  - diretamente ligado a necessidade de manter o consumidor nas últimas tendências da moda, produzindo grandes volumes de peças, muitas vezes de baixa qualidade, que serão utilizadas por um curto período de tempo para depois serem descartadas - os designers do "Slow Fashion" querem garantir a longevidade de suas roupas através da compra de tecidos de alta qualidade, confecções artesanais, reciclagem e oferta de peças atemporais que poderão ser utilizadas por muitos anos.

Neste caso as roupas podem até custar mais caro, mas tem compromisso com o meio ambiente, utilizando os recursos ecológicos com consciência e remunerando adequadamente os seus trabalhadores.

Esse movimento levanta a bandeira de que temos que ser mais conscientes e sustentáveis. É um movimento que está ganhando força e provavelmente veio para ficar.


Comentários