Otimizando os custos numa confecção de roupas

by - novembro 07, 2012


Entre os problemas encontrados na produção de uma confecção de roupas, podemos destacar o retrabalho e a falta de interação entre os setores.

Numa confecção, o processo produtivo tem início no setor de planejamento, segue para o setor de criação (estilistas), vai para o setor de execução (modelagem e costura) para finalmente ir para o acabamento (arremate, passadoria e embalagem) quando o produto fica pronto para a distribuição.

Se algum dos setores receber ou repassar uma informação incorreta, o objetivo final não será alcançado e provavelmente todo o processo produtivo terá que ser repetido.

Na prática seria o seguinte: o planejamento fornece as diretrizes básicas para a nova coleção. O estilista interpreta e desenha os modelos que irão para a modelagem. O modelista, que não entendeu muito bem os desenhos, faz a peça piloto e passa para a piloteira executar. No final deste processo a peça executada não está de acordo com as diretrizes da coleção solicitada. O tempo foi perdido e o processo tem que recomeçar.

Diante dessa situação, se no momento da dúvida ou do erro, o problema voltasse para o setor de origem, mesmo havendo uma maior demora, a solução seria alcançada mais rapidamente do que retomar da estaca zero.

Assim, para que a produção funcione de acordo com o planejado, é necessário investir na qualificação dos funcionários e fazer com que todo o setor produtivo respeite a hierarquia dos processos, sem deixar de lado a rapidez.

Com essas atitudes certamente haverá diminuição no retrabalho, aumento na produtividade e diminuição dos custos.

Bons negócios!

Você pode gostar ...

0 comentários