Moda e negócios na internet

by - abril 28, 2012

    Não posso deixar de compartilhar a experiência de ter passado seis horas num workshop (Moda Camp 2012) sobre moda e internet. Posso adiantar que as horas passaram voando e quando me dei conta eram dez da noite!

    O convite, aberto ao público em geral, veio do IED - Instituto Europeu di Design que oferece cursos de moda e design em São Paulo e Rio de Janeiro.
    A tarde de palestras foi tão enriquecedora que não sei se vou conseguir reproduzir neste texto.
    A abertura do evento deu-se com ninguém menos que Elio Fiorucci, designer italiano, empreendedor e ícone de moda.
    Falando em italiano e acompanhado de uma intérprete, contou sobre o início de sua carreira (no final dos anos 60) e sobre a construção de sua marca inovadora e irreverente, criando um novo estilo de vida.  (Enquanto ouvia, lembrava da minha adolescência e o sonho de consumo da calça com “dois anjinhos”).
    O seu olhar crítico e humanitário foi transferido para suas campanhas publicitárias, com humor, cor e muito néon. Fantástico!

IED
Palestra de Elio Fiorucci
Elio Fiorucci
    Em seguida tive a oportunidade de ouvir a Maria Prada, a jovem diretora de redação da Harper’s Bazaar, conceituada revista de moda feminina que está presente em mais de 20 países. Ela discorreu sobre o papel da revista impressa e sobre o mercado editorial do luxo. Inteligente e com respostas perspicazes, interagiu de forma muito bacana com a platéia.

    A tarde seguiu com um painel de blogs e palestras sobre moda sustentável, visual merchandising, posicionamento da marca no mundo virtual e mercado do luxo.

    O workshop foi fechado com chave de ouro: fomos presenteados com um painel de cases de e-commerce.

    O primeiro a discorrer foi o jovem Éber Freitas, design gráfico, formado em comunicação e arte pelo SENAC que juntamente com Natália Rosin criaram o Tanlup, uma plataforma para desenvolver lojas virtuais de baixo custo para pequenos lojistas. Essa idéia empolgou a platéia, em sua maioria alunos em início de carreira, que viram no site http://www.tanlup.com a possibilidade de divulgar sua marca.

    Na sequência entrou Denis Junior, gerente de marketing da Chilli Beans, que discorreu sobre os caminhos percorridos para alcançar o sucesso da  marca.
    Com a filosofia de que é possível vender uma marca que o consumidor deseja, oferecendo produtos e serviços que melhorem sua experiência de compra, expôs o software que utiliza espelhos digitais que proporcionam ao cliente uma idéia de como ficaria cada óculos provado na loja, por meio de fotos tiradas instantaneamente e que permite uma ampla interação com as redes sociais, já que ao tirar a foto o cliente pode enviá-la pelo Facebook e saber em tempo real o que seus amigos pensam. O serviço já implementado em algumas lojas, em breve estará disponível em todos os pontos de venda do Brasil. O projeto do espelho digital rendeu em 2012 o prêmio NRF como melhor loja inovação e ficou com o segundo lugar de melhor loja pop up.

    Em seguida, a gerente de marketing da Anacapri, loja de calçados do grupo Arezzo especializada em sapatilhas, falou da empresa e como está criando e consolidando a sua marca no Brasil. Informou que com uma pequena equipe de sete pessoas e orçamento de marketing apertado, resolveu, em parceria com a Kok Fashion e Dafiti, investir em uma loja virtual lincada diretamente com as redes sociais.
Seu publico alvo é jovem e antenado e as redes sociais formam um canal de comunicação direto.

    Por fim, um depoimento inusitado, divertido e irreverente do publicitário criador da marca de pano de prato Fashioneira!
    Com o slogan de que pano de prato não precisa ser brega, desenvolveu uma loja virtual no Facebook para vender panos de prato estilizados, com imagens que vão de placas da Rua Augusta, passando pelos Stones, Ipod até Che Guevara. E a entrega? De biclicleta!
    É claro que com o conjunto da obra, a loja que tem seis meses de vida não dá conta de tanto pedido. E além disso, conseguiu notoriedade nas principais revistas do Brasil. Até a Globo publicou matéria sobre a Fashioneira.

    Bom, com tanta novidade saí das palestras eufórica e cheia de idéias.
    Vi que não é possível abraçar o mundo com duas mãos e que parceiros estratégicos são fundamentais para qualquer empreitada.
    Na palestra recebemos a informação, disponibilizada também na internet, que a moda já é o 7º item na lista de desejo dos internautas brasileiros e que em pouco tempo passará livros e CDs.
    (Não que alguém vá ter um surto psicótico e abrir uma loja virtual imediatamente. Primeiro é necessário construir uma marca, com qualidade, diferenciação e bons serviços. O resto vem com muito trabalho e dedicação).
    Sugiro que explorem com carinho os links aqui dispostos, são casos de sucesso que devem servir de inspiração para qualquer negócio.

Você pode gostar ...

0 comentários