Dicas de organização para as lojas de varejo


1.) Manter as araras e os produtos limpos e organizados
Loja suja ou mal organizada passa uma péssima impressão ao consumidor.

2.) Identificar e precificar todos os produtos corretamente
Produto sem preço não vende. Além de ser obrigatório por lei a precificação de todos os itens da loja, não há maneira de um consumidor levar um produto se não consegue identificar o preço.

3.) Respeitar o agrupamento de produtos por família (setorização)
Trata basicamente de “interligar” produtos relacionados na loja, como bijuterias, calçados e confecção.

4.) Expor produtos de forma vendedora e explicativa
Da mesma maneira que falamos sobre precificação, todos os produtos devem “se vender” ao consumidor por meio de uma boa exposição.

5.) Valorizar produtos em promoção, utilizando elementos como faixas, cartazes, banners, ilhas, pontas de gôndolas, etc.
Estes elementos valorizam significativamente a promoção. Devemos utilizar todo o “arsenal bélico de merchandising” para criarmos promoções atrativas.

6.) Manter em ordem a comunicação visual da loja

7) Padronizar a precificação.
Nunca faça de qualquer maneira. Mesmo grandes redes de lojas encontramos um completo descaso no que se refere a padronização de precificação e promoções.

8.) Manter as araras sempre abastecidas
Imagine uma loja com poucos produtos em uma arara. Qual a impressão que ela passa? Não importa a sua resposta, a impressão é sempre a mesma: uma loja à beira do fechamento, ou falência. Volume é importante, principalmente se tratamos de consumidores de perfil popular.

9.) Fazer rotatividade nas araras
Imagine que seu cliente passe todos os dias pela sua loja e todos os dias encontre a mesma peça, na mesma posição. Qual a impressão que ele vai ter? Da mesma forma que na questão anterior, vai pensar que é um produto encalhado, e se ninguém quer, ele também não vai querer!
Assim, mude semanalmente as peças da sua arara.Verifique se não estão sujas, desbotadas, etc. Mude a disposição das cores, deixando o ambiente harmônico e criando um clima de novidade para o seu cliente.

8.) Dar atendimento excelente
De nada adianta o lojista ter uma loja arrumada se o atendimento não possuir o mínimo de simpatia e atenção aos clientes. Atendimento de qualidade é premissa básica para todo varejo de sucesso.

fonte: www.administradores.com.br/


Veja também:
- Como organizar uma loja de roupas
- Como organizar o estoque de uma loja
- Dez erros de um ponto de venda
- Como manter a organização da loja em época de Natal